• Expointer é resultado de longo trabalho coletivo, diz Governador

    O governador José Ivo Sartori e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, concederam entrevista coletiva na Central de Imprensa antes da abertura oficial da Expointer 2017 na tarde deste sábado, 23. Sartori ressaltou a consolidação de um trabalho conjunto, que resultou na 40ª edição da feira, que é uma das maiores mostras da agropecuária da América Latina. "A Expointer serve de motivação. É o resultado de um longo trabalho coletivo para o bem da sociedade do Rio Grande do Sul", afirmou Sartori.
    "A Expointer é a feira mais diversificada do país", definiu ministro Blairo Maggi, ao elogiar a força dos produtores, principalmente os gaúchos, já que, segundo ele, "o Rio Grande do Sul é o berço da Agricultura no Brasil".
    Maggi adiantou que o ministério estuda a criação de um fundo para cobrir algumas despesas nas inspeções fitossanitárias. "As vezes, é melhor pagar e ter o serviço do que não ter", comentou o ministro, sobre a reclamação de empresários sobre o já alto custo Brasil.
    Sobre a crise da cadeia leiteira, Blairo Maggi afirmou que estuda a possibilidade de retirar o leite da pauta do Mercosul, já que a crescente importação do leite em pó do Uruguai elevou os estoques do produto e baixou o preço pago ao produtor. Nessa semana, o governador Sartori já tinha solicitado ao ministro, em agenda em Brasília, o estabelecimento de cotas ao leite do Uruguai assim como existe para a Argentina.  
    Maggi disse que já está tratando do assunto com o presidente Michel Temer e com o ministro de Relações Exteriores, Aloísio Nunes, e deve ir ao Uruguai em breve para tratar do tema. O ministro destacou ainda que enviou ao Congresso Nacional uma Medida Provisória (MP) sobre o Funrural. (Gazeta Online)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário