• PRÊMIO CABANHEIROS RECONHECE TRABALHO DURANTE A 40ª EXPOINTER

    Foto:Tiago Francisco

    Os profissionais que trabalham durante toda a feira para garantir o bem estar e a melhor apresentação dos animais durante a Expointer foram reconhecidos pela Farsul e pelo SBT na manhã deste sábado. O prêmio para os Cabanheiros, realizado há 15 anos, já virou uma tradição esperada pelos responsáveis pelo cuidado com os animais em exposição na feira.
    Foram sorteados diversos prêmios, desde cuias e chapéus até pequenos eletrodomésticos. Adriano Rodrigues da Silva levará uma TV de volta à cidade de Palmas, no Paraná. Ele cuida de animais das raças Charolês e Caracu e veio à Expointer pela terceira vez.
    “Ser cabanheiro é um trabalho anônimo, de quem conhece, muitas vezes longe dos livros, mas com a prática de vida campeira que o torna um técnico na sua linha”, afirma o presidente da Comissão de Exposições e Feiras da Farsul, Francisco Schardong, ao destacar a relevância da premiação.


    Alberi Oliveira BIcharba, de Águas Claras, Viamão, pulou de alegria e fez uma grande festa ao ouvir seu número ser sorteado pelo presidente da Comissão de Exposições e Feirasda Federação. Não era para menos: o cabanheiro que cuidou de equinos da raça Mangalarga ganhou um dos principais prêmios do sorteio pela segunda vez: em outra edição, levou uma televisão. Neste ano, saiu com uma bicicleta.
    Marcelo Coelho, jornalista do SBT, falou sobre a importância do agronegócio para a emissora, celebrou a parceria entre Farsul e SBT que oferece prêmios aos trabalhadores e parabenizou os cabanheiros pelo seu empenho durante os nove dias da exposição. Os Cabanheiros ainda acompanharam show de Ênio Medeiros na Praça Central do Parque de Exposições Assis Brasil. (3 Pátrias)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário